Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007
Milho D'Oiro á Bué fixe

 

Milho D’Oiro é bué fixe


O nome Milho D’Oiro tornou-se conhecido para mim, e para as pessoas da minha geração, pelo grupo de música popular e tradicional. Conquistou, nos finais dos anos 80 e durante os anos 90, a população adulta, mas também soube criar empatia com os jovens que, agora já adultos, ainda recordam com saudade sucessos como “Olha a Chibinha”, “Bai marinheiro, bai, bai”, etc.

Actualmente, o nome Milho D’Oiro é (re)conhecido pela sua dinâmica em várias áreas, desde a cultura à social, sem esquecer a área musical, que lhe deu origem. Sinto felicidade por isso, porque conheço, mais ou menos, o seu percurso e acho que este era o melhor caminho.

Por outro lado, estou contente porque a actual direcção está a desenvolver um trabalho muito interessante, apostando na satisfação das necessidades dos seus associados e da população em geral, o que continua a cativar, cada vez mais, toda a gente, mesmo os mais novos.

O que observei, há dias, numa viagem de autocarro é bem elucidativo. Dois jovens estudantes regressavam a casa no fim das aulas e o tema da conversa era associação Milho D’Oiro.

O diálogo desenvolvia-se numa linguagem típica da juventude dos nossos dias, mas interessante e séria.

Era mais ou menos assim:

- É meu! Eles têm bué coisas fixes e os men’s da direcção são bué fixes também. São jovens como nós, só tem um que é mais cota, mas é porreiro, gosta da malta jovem...

- Como é que sabes dessa cena, meu? – perguntou o receptor.

- Sei porque sou sócio. A minha mãe anda na ginástica. Há bué gente na ginástica. É uma cena muito fixe, men! Eu já andei na dança, a prof de dança é cubana e é muita fine!

- E dança bem? – voltou a perguntar o receptor muito interessado nas informações do colega.

- Ya, mano! É bué, bué divertida e dança pa caraças!...

- E em que dias é essa cena?

- É ao domingo à noite, das 8 às 10 horas, no Polidesportivo das Ribeiras, - respondeu o jovem.

- Um dia destes vou lá, deve ser fixe...

- É mano! Ó pá, mas leva uma miúda. é melhor teres par. É bué fixe, há malta que vem de Santo Tirso, men!...

- Tou a ver que essa associação é o máximo, tou a curtir a onda! – continuou o interessado jovem.

- É men! Lá ta-se bem! tem uns men’s que gostam de ler, de poesia, de história, de artes e fazem bué cenas para os que gostam de estar nessa onda. Fazem uns serões. No ano passado foram para a beira do rio de Moledo falar do Bocage. Foi o máximo! Mas também ensinam a tocar aquelas cenas tradicionais – os cavaquinhos, as concertinas, guitarra, etc. E agora tão a formar um coro de música ligeira que vai ser bué divertido. Não tem nada a ver com aqueles coros tradicionais, é todo p'ra frentex, é mesmo do baril!

- Ei pá, tou a ver que tu curtes mesmo essa onda!

- Curto men! Lá tou na boa, mas se queres saber mais consulta a página da associação na Internet. Vais-te partir a rir com a “Verdinha”...

- O que é a Verdinha? – interrompeu o jovem.

- Ó mano, é a mascote das cenas que eles estão a fazer sobre o ambiente. Vai à net, é só uma beca e vais ver que vais curtir bué. Ainda vais inscrever-te como sócio, mano!... A sério! A associação Milho D’Oiro é bué fixe!

Fiquei feliz por ver um jovem atento, bem informado e interessado nas actividades da associação e outro receptivo à informação e interessado em saber mais.

Isto, de facto, é muito bom! Até me apetece repetir a expressão do jovem: a Milho D’Oiro é bué fixe!!!...

Um grande abraço para todos os que contribuem para que a Milho D’Oiro esteja nesta onda. Parabéns.


Fátima (Gavião)




Publicado por milhodoiro às 17:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Mais sobre nós
Arquivos

Outubro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Junho 2009

Maio 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Links